Blog

Após um dia de compras intensas vem um post que tem tudo a ver com isso: o maior presente ainda está por vir!

Ontem fui em um outlet e pude presenciar muitas pessoas passeando e buscando roupas e acessórios para si mesmos e para dar de presente. No domingo de Natal pude participar com a minha família do famoso amigo secreto onde trocamos presentes. Na confraternização da empresa um pouco antes também teve amigo secreto e mais presentes. No meu aniversário que também foi nesse mês eu recebi alguns presentes. Além disso eu também comprei alguns presentes e queria comprar muito mais.

Todos esses acontecimentos me fizeram pensar: qual o sentido de tanto presente? Por que temos essa necessidade de presentear e esperamos receber presentes? Será que é só o padrão que foi criado de se dar e receber presentes nessas datas ou tem algo além disso?

Quem me acompanha ou conhece o livro sabe que presente é uma das cinco linguagens do amor e isso já diz bastante coisa sobre essa troca de presentes, que demonstramos amor através dessa atitude, mas então me veio outro pensamento: será que isso é tudo?

Talvez seja. Talvez você leia o título dessa postagem e diga para mim que seu maior presente já chegou. Talvez você realmente queira saber qual é esse maior presente que ainda está por vir. Não sei. Mas eu escolhi não esperar o Natal ou o Ano Novo para isso, e você?

 

Presente de Natal

Usei essa data para representar todo presente físico que recebemos. É bem verdade que conforme você vai crescendo e se tornando adulto,cada vez recebe menos presentes das pessoas e se você já chegou nessa fase sabe do que estou falando, mas saiba que isso pode ser culpa sua mesmo!

Nesse Natal eu pude ver o meu sobrinho recebendo alguns presentes. Ele tem apenas um aninho e cada presente era um olhar de surpresa seguido de um “oooooollhaaaaaaa”… =D… tão fofinho! Não importa se era roupinha ou brinquedos, ele sempre reagia tão lindo que dava vontade de dar mais um presente!

Também tenho uma priminha de 4 anos que recebeu tantos presentes quanto o meu sobrinho e a expressão dela para cada presente também era de felicidade, mas vinha acompanhada de uma vergoinha e aquela carinha de que gostou mais de um ou de outro.

Estou contando isso para que possam reviver cada ano de suas vidas e perceber como foram ficando mais seletivos conforme cresceram, se tornando até menos gratos por aquilo que recebem. Não seria melhor mesmo se continuássemos comemorando todos os presentes igualmente?

Bom, você já sabe que tem culpa por receber menos presentes, mas saiba que você também pode facilitar que a outra pessoa receba seu presente! Isso aí, não dê um presente e fique parado esperando abrir para julgar se gostou ou não. Isso é só uma tentativa de aumentar seu ego, dizendo que você é bom em escolher presentes. Acredite, se você está dando algo com real intuito de fazer a outra pessoa feliz, você já atingiu seu objetivo antes mesmo de se abrir o pacote!

Afinal, dar presente e receber presentes pode mesmo ser mais simples do que parece mesmo, mas o que ainda está por vir?

 

O Presente Maior

Passando de pato para ganso, ou melhor, de peru de Natal para aquela bacalhoada de Ano Novo, já parou para pensar quantas oportunidades temos no final do ano?

Além dos presentes que ganhamos no Natal, que podemos renovar o visual e ter coisas que queríamos, o final de ano traz presentes que muitas vezes não damos valor.

Lembrando da minha postagem anterior, primeiro tem o fato de ficarmos mais próximos de nossas famílias. Para os Cristãos, tem a lembrança que seu salvador nasceu. Para quem gosta de uma praia, o calor está a toda e as praias estão cheias. Para quem aproveita essa época para descansar, normalmente têm férias ou parada coletiva nas empresas. Para os assalariados, tem o décimo terceiro. Se fossem só esses os motivos, ou presentes, que ganhamos no fim do ano, já seria muito bom, mas ainda tem mais!

Todos sabem que Ano Novo é tempo de renovar e tudo mais que as mensagens de ano novo dizem – aliás vou fazer a minha nessa quinta, se não quiser perder, deixe seu e-mail abaixo – o que as pessoas não percebem é como nos renovamos a cada dia!

Conteúdo exclusivo!

Registre-se e receba gratuitamente.

Um ano é realmente um marco grande, mas e se diminuíssemos essa marco para um semestre, um mês ou até um dia? Será que se renovando a cada dia e buscando ser melhor que o dia anterior, fazendo o balanço do que deu certo e do que não deu, nós precisaríamos fazer tantas promessas de ano novo? Talvez essa seja o seu maior presente, a renovação diária!

OK, Tiago, mas se esse é o presente que está falando, por que diz que ainda está por vir? Porque eu prefiro pensar assim! Na realidade o maior presente que temos é a vida que acontece no aqui e agora, nessa exato momento que você lê. Contudo, o amanhã virá, o próximo mês também e o próximo ano, nesse caso, já está aí, então por mais que vivamos sempre o melhor a cada dia, o maior presente ainda está por vir! É assim que meu sobrinho agia ao receber cada presente, com surpresa como se fosse algo tão bom e importante quanto aquele que tinha acabado de abrir, para ele o maior presente sempre estava por vir e isso causava FELICIDADE nele e nas pessoas ao redor.

Convite

Portanto, hoje eu quero te fazer um convite: aja como se o maior presente ainda estivesse por vir!

Todos os dias que chegar ao seu escritório, desembrulhe suas atividades como se fossem novos presentes e se surpreenda! Quando chegar em casa, desembrulhe o dia a dia das pessoas que moram com você e se maravilhe com as novidades! Quando chegar o fim de semana, receba-o como se fosse algo que nunca teve e aproveite ao máximo!

Deixe a vida te surpreender a cada passo, aproveite cada momento no aqui e agora, mas permita que seu próximo dia seja ainda melhor! Seja otimista, tenha esperança, quando receber o seu próximo dia ou seu próximo ano, rasgue o papel ansioso para ver o que tem dentro e comemore, se surpreenda e se anime… depois de amanhã repita tudo isso e continue…

O melhor presente está por vir e só você pode se dar!

Desejo um finalzinho de ano super Believe para você!