Carreira

2017 chegou e o desemprego continua batendo na porta de muitos brasileiros, e agora?

Realmente esse é um assunto muito delicado para muitas pessoas que nesse ano que passou se depararam com essa situação super desagradável, o desemprego.

Em 2016 não faltou crise para qualquer setor. Empresários foram obrigados a fechar as portas, grandes empresas demitiram em escala e sobrou até para aqueles que são mais qualificados.

Você mesmo deve conhecer alguém bom no que faz que acabou entrando na dança da crise econômica e ficou desempregado. Eu conheço mais de uma pessoa e confesso que não achei que demoraria tanto para se recolocarem.

Mas afinal, o ano novo chegou e o que podemos fazer para evitar a crise?

Você é incompetente

Todos somos! Em alguma coisa todos temos nossas deficiências e precisamos estar cientes delas, pois a partir disso vamos melhorar. Não sei quanto tempo você ficou na sua função antes de ficar desempregado, mas eu sei que nesse tempo você provavelmente não se atualizou tanto quanto um recém-formado estudioso.

Não comece a murmurar dizendo que ele não tem tanta experiência quanto você, isso é bem óbvio já que está no mercado a mais tempo e para falar a verdade não é nem tanto um mérito seu, é mais uma consequência de fazer algo por muito tempo.

Se você lê meus textos frequentemente sabe que eu reconheço sua competência em se manter fazendo um bom trabalho por um grande período ao ponto de te dar título de sênior ou qualquer outro. O que eu quero que você pare de fazer hoje é de se acomodar nessa competência e achar que está acima da crise econômica.

Então antes de mais nada reconheça suas incompetências. Não precisa coloca-las no currículo, mas trabalhe para que esteja a altura dos novos profissionais e do que o mercado exige.

Saia do quadrado

Definitivamente não é hora de exigir o mesmo cargo que tinha, com o mesmo salário e benefícios. É claro que você não deve também se submeter àquilo que não acredita ser justo, senão acabará rapidamente insatisfeito, mas bater de frente com o bolso dos patrões também não vai ajudar.

Você era bom no que fazia, tudo bem! No que mais você é bom? Qual a segunda coisa que você faz melhor? Você não deve ganhar tão bem para desempenhar a sua segunda opção, mas até que a primeira volte a ser realidade, não é nada mau trabalhar com algo que você é só bom e não ótimo.

E se ser empregado definitivamente não está rolando, ja pensou em empreender? Nesse ano muitas pessoas passaram a empreender por necessidade, por que não você? Eu mesmo decidi empreender ano passado e com certeza não está sendo como talvez fosse em um ano sem crise, mas meu leque de opções de trabalho acabou aumentando porque não me limitei somente à minha primeira opção.

Experimente!

Faça vários currículos diferentes. Converse com amigos empreendedores. Tente prestar serviço para alguém. Use a experiência de sua trajetória para ajudar quem está começando. Mexa-se para os lados e até para trás, só saia desse quadradinho que você se inseriu.

Como dizem:

Pense fora da caixa!

Pense Positivo

Saber que o país está em crise e se atualizar sobre as questões econômicas é necessário, para qualquer negócio, mas pensar que sua vida não vai dar certo por isso pode te levar a um resultado: sua vida não dar certo!

Não é só questão de atrair aquilo que deseja, mas uma questão de lógica. Se você pensa que as coisas vão dar certo, seu corpo responde positivamente para que seu pensamento esteja correto.

Aceitar a realidade é ótimo, ter consciência do seu estado atual é perfeito, fazer tudo isso pensando no que fazer para modificar a situação de forma favorável é ainda melhor.

Não se deixe enganar pelos seus próprios pensamentos. Muitas vezes você vai desanimar sem mesmo perceber. Muitas vezes vai pensar que nada vai dar certo até a próxima entrevista aparecer. Porém, continue pensando positivo e suas ações serão também positivas, experimente.

Conclusão

Como a imagem sugere e ficou subentendido nos tópicos, pegue suas coisas e corre! Mexa-se pra valer!

Procure ajuda se necessário, fale pra todos família, peça aos amigos, não seja orgulhoso nesse momento, pois sei que você gostaria muito de ajudar algum grande amigo em uma situação dessa, então por que ele não te ajudaria?

Lembrando dos tópicos que foram falados acima:

  • Você é incompetente: analise o que precisa aprimorar para voltar a se destacar além da experiência.
  • Saia do quadrado: use sua segunda opção, faça vários currículos, empreenda, venda o que sabe.
  • Pense positivo: seja consciente da sua situação atual, mas nunca deixe se abater e perder a esperança.

Espero que você possa se motivar um pouco mais para sair dessa situação de desemprego e que aja em direção dos seus objetivos.

Deixe seu comentário abaixo caso tenha dúvida e compartilhe com aquele colega que você lembrou enquanto lia esse texto.

Um grande abraço e boa sorte!